BEM VINDOS!

Cada dia a natureza produz o suficiente para nossa carência. Se cada um tomasse o que lhe fosse necessário, não havia pobreza no mundo e ninguém morreria de fome.

22 de abr de 2011

6 bilhões de outros


Seis bilhões de pessoas com opções religiosas, classes sociais, profissões, etnias e estilos de vida diferentes. Com a proposta de montar um retrato da população mundial, a exposição que abre esta quarta-feira (20) no Masp, “6 Bilhões de Outros”, mostra as diferenças e semelhanças entre os povos e os traços de personalidade que caracterizam cada cidadão do planeta.

No site contem um trailer da exposição, vale a pena ver.

http://entretenimento.uol.com.br/ultnot/2011/04/20/visoes-de-mundo-de-6-bilhoes-de-outros-ganham-mostra-no-masp.jhtm

13 de abr de 2011

"A Terra é azul" - 50 anos da chegada do homem ao espaço

No auge da chamada “guerra fria”, na década de 60, entre as duas superpotências de então, União Soviética (URSS) e Estados Unidos, os russos surpreenderam o mundo ao fazer o primeiro lançamento de um homem ao espaço. É célebre frase de Yuri Gagarin ao dizer, maravilhado, “a Terra é azul”. Antes a URSS já havia sido pioneira ao lançar uma cadela ao espaço. O final da história nós sabemos, os EUA venceram a “batalha espacial” ao conseguir colocar o primeiro homem na Lua.

A “guerra espacial” era uma espécie de efeito colateral da “guerra fria” entre o capitalismo americano e o socialismo soviético, na metade do século passado. Foi o presidente John Kennedy quem turbinou o programa espacial dos EUA, colocando como questão de honra vencer os soviéticos nesse campo. E conseguiu.

À época, a extinta União Soviética e os Estados Unidos travavam uma batalha silenciosa para saber qual nação levaria o primeiro ser humano à Lua. Os norte-americanos venceram a disputa em 1969, com o “pisão” inaugural de Neil Armstrong no satélite natural da Terra, mas nos oito anos anteriores, os soviéticos sempre estiveram à frente - inclusive no lançamento do primeiro satélite artificial, o Sputnik, em 1957.

Os Estados Unidos só levariam o primeiro homem ao espaço alguns meses mais tarde, durante a viagem de Alan Shepard no voo da Freedom 7, em 5 de maio de 1961. Porém somente em 7 de fevereiro de 1962, durante a missão Friendship, com John Glenn, o país teve seu primeiro astronauta completando uma volta inteira ao redor do planeta. Ambos os feitos fizeram parte do Projeto Mercury, da agência espacial norte-americana (Nasa).

Com a proeza de Gagarin, os soviéticos confirmaram seu pioneirismo no espaço: haviam lançado o primeiro satélite artificial, o Sputinik, em 1957, e, no mesmo ano, colocaram em órbita o primeiro ser vivo: a cadela Laika. A Vostok-1 foi precedida por dois vôos não tripulados conhecidos como Korabl-Sputnik-4 e Korabl-Sputnik-5, que usaram a nave Vostok para testes.

Gagarin virou um herói soviético após retornar ao planeta que ele observou - pela primeira vez - de fora. Foi poupado de outras missões pelo medo de um acidente encerrar a vida de um dos principais ícones soviéticos durante a Guerra Fria.

Ironicamente, o temor se justificou em 28 de maio de 1968, quando em um acidente ainda envolto em mistério, Gagarin morreu durante testes em um avião MiG.



O Google prestou homenagem nesta terça-feira ao astronauta russo Yuri Gagárin, 50 anos após o primeiro vôo tripulado ao espaço, substituindo o logo da homepage por sua imagem e um foguete que decola quando o cursor é acionado. Num estilo iconográfico, recordando os cartazes da era soviética, o Google substituiu o primeiro "O" do nome do grupo por uma foto de Gagárin com seu capacete espacial e o outro "O", pelo globo terrestre.

Fonte:
http://g1.globo.com/ciencia-e-saude/noticia/2011/04/ha-50-anos-homem-chegava-ao-espaco-pela-primeira-vez.html
http://noticias.r7.com/tecnologia-e-ciencia/infograficos/chegada-do-primeiro-homem-ao-espaco-completa-50-anos.html
http://www.blogdomax.com.br/a-terra-e-azul-yuri-gagarin

8 de abr de 2011